Resenha Agroclimática do Estado do Tocantins – 17/08/2016 a 23/08/2016

463

resenha

Situação atual e perspectivas de mudanças

Nesta última semana houve muita variação do tempo em relação à nebulosidade e registros de precipitações rápidas em algumas localidades do Estado, mais precisamente nos municípios de Araguaína, Porto Nacional e Araguatins. O calor, as altas temperaturas e os baixos índices de umidade relativa do ar estiveram presentes nestes últimos dias em todas as regiões.

As maiores temperaturas máximas do ar foram registradas nos municípios de Palmas, Pedro Afonso, Paranã e Formoso do Araguaia, com 30ºC. A umidade relativa do ar ficou em torno dos 14% nos municípios de Palmas, Gurupi, Peixe, Formoso do Araguaia e Mateiros.

Os níveis de água no solo são atualmente considerados como críticos. Com isso a técnica da suplementação de água deve ser utilizada para evitar o estresse vegetal.

A tendência para os próximos dias é de muito calor, altas temperaturas e baixos índices de umidade relativa. Devido ao enfraquecimento da forte massa de ar quente e seca que atua na região central do país, tem favorecido a entrada de umidade, o que contribui para que os processos termodinâmicos venham provocar pancadas de chuvas rápidas em algumas regiões.

Faça o Download da Resenha Aqui

    Denise Coelho Gomes
logo unitinsGeórgio Henrique Leão Silva
GTI – SEAGRO
José Luiz Cabral da Silva Júnior
Esta resenha é um produto da parceria institucional  SEAGRO / UNITINS