Resenha Agroclimática do Estado do Tocantins – 30/03/2016 a 05/04/2016

781

resenha

Situação atual e perspectivas de mudanças

No decorrer desta última semana foi marcado pelas altas temperaturas e a ocorrência de pancadas chuvas, principalmente, nas regiões do centro-norte Estado do Tocantins. O mês de março se encerrou ainda com regiões apresentando déficit, ou seja, as chuvas totalizadas não alcançaram as médias climatológicas. Na maioria estas estações estão localizadas no centro sul do estado. O mês de abril começa com registros de chuvas, o vem a favorecer ao milho safrinha que se encontra plantado.

Ressalta-se que o mês de abril, já pode ser considerado como o período de transição do período chuvoso para o período de estiagem, onde os totais pluviométricos já apresentam reduções consideravés.

As temperaturas do ar chegaram aos valores máximos de 37ºC no município de Paranã. A umidade relativa do ar chegou aos 29% e 30% nos municípios de Mateiros e Paranã respectivamente.

Os níveis de água no solo variaram de médios a bons, devido aos índices de precipitações, ocorridos na maioria das localidades do Estado nos últimos dias.

Para os próximos dias, a meteorologia prevê muita variação da nebulosidade, muito calor e a ocorrência de pancadas de chuvas nas regiões do centro norte do Estado do Tocantins.

Faça o Download da Resenha Aqui

 UNITINSGeórgio Henrique Leão Silva
GTI – SEAGRO
José Luiz Cabral da Silva Júnior
Esta resenha é um produto da parceria institucional SEAGRO / UNITINS