Resenha Agroclimática do Estado do Tocantins – 24/02/2016 a 01/03/2016

831

resenha

Situação atual e perspectivas de mudanças

Esta última semana também foi marcada por muito calor e baixa umidade relativa do ar, devido ainda à atuação da massa de ar quente e seca que criou condições de bloqueio atmosférico nas regiões do centro-sul do estado, que inibiu a entrada de umidade. Também foram registradas chuvas isoladas nas regiões do extremo norte do estado.

As temperaturas do ar chegaram aos valores máximos de 38ºC nos municípios de Palmas e Pedro Afonso. A umidade relativa do ar chegou aos 24% e 21% respectivamente, nos município de Palmas e São Félix do Tocantins.

A ausência de chuvas neste período fez com que os níveis de água no solo permaneçam no nível crítico, com isso a técnica da suplementação de água deverá ser utilizada, a fim de, evitar o estresse vegetal.

Para os próximos dias, a meteorologia prevê o enfraquecimento da massa de ar quente, consequentemente a entrada de umidade e o retorno gradativo da ocorrência de pancadas de chuvas em todas as regiões do Estado.

Faça o Download da Resenha Aqui

 Denise Coelho Gomes
UNITINSGeórgio Henrique Leão Silva
GTI – SEAGRO
José Luiz Cabral da Silva Júnior
Esta resenha é um produto da parceria institucional SEAGRO / UNITINS