Resenha Agroclimática do Estado do Tocantins – 16/09/2015 a 22/09/2015

613

Situação atual e perspectivas de mudanças

      Nesta última semana foi marcada por muita variação da nebulosidade e por pancadas de chuvas de forma isolada em várias regiões do Estado. A forte massa de ar quente e seca tem modulado o tempo em toda região central do país ao longo do mês de setembro e eventualmente possibilitando a entrada de umidade, o que vem ocasionado eventos isolados de chuvas.

      As temperaturas continuam elevadas, com máximo registrado de 40ºC em Gurupi, Formoso do Araguaia e Marianópolis. A umidade relativa do ar chegou aos 10% em Dianópolis, Peixe e em boa parte das regiões do centro-sul do Estado.

     A primavera para o Tocantins é caracterizada como um período de transição (passagem do período seco para o chuvoso), evidenciada pela ocorrência de pancadas de chuvas. Quanto às temperaturas, não se observará grandes mudanças dos padrões em termos diários.

     Para os próximos dias a meteorologia prevê muita variação da nebulosidade, muito calor, e baixa umidade relativa do ar, em especial as regiões localizadas mais ao sul do Estado. Pancadas de chuvas também poderão ocorrer com mais frequências em todas as localidades, sobre na região do Bico do Papagaio.

Denise Coelho Gomes
UNITINSGeórgio Henrique Leão Silva
GTI – SEAGRO
José Luiz Cabral da Silva Júnior
Esta resenha é um produto da parceria institucional SEAGRO / UNITINS